Sob intervenção

Será Brasília uma cidade ou quem sabe um amplo estacionamento? Às vezes, parece estendida na paisagem como um parque, mas, olhando bem, tem aquele ar de condomínio fechado. O coletivo mineiro Poro lembra que, de perto, uma cidade não cabe no mapa. No catálogo que reúne a exposição Brasília: (Cidade) [Estacionamento] (Parque) [Condomínio], Brígida Campbell e Marcelo Terça-Nada dissecam este distrito tão federal e arriscam suas intervenções. Rabiscos, anotações, ensaios. Cartões-postais nos quais a imagem é a palavra, cabe a você imaginar a paisagem. Fotografias.

Na cidade que é estacionamento, o grafismo tenta dar algum ordenamento, mas disseram que o cotidiano amolece a geometria. No parque que é condomínio, a ordem passa de progresso a digressão. Brasília se planejou em muitos setores, e a pergunta que fica é se conseguiu organizar as demandas que extrapolam seu croqui de arquiteto e conter o humor que extravasa pelas bordas, sem qualquer reverência.

(Série “Postais para Brasília”. Poro, 2012)

_PG22_ED77_WEB-74

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_PG22_ED77_WEB-75

 

_PG22_ED77_WEB-78

 

_PG22_ED77_WEB-76

 

_PG22_ED77_WEB-77

 

_PG22_ED77_WEB-79

_PG22_ED77_WEB-80

 

_PG22_ED77_WEB-81

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta