Rede de informações

O Greenpeace da Alemanha atualizou a sua lista de pescados recomendados para o consumo, segundo critérios de sustentabilidade. Entre as 44 opções da listagem, apenas a carpa é recomendada sem restrições. Algumas espécies são indicadas com ressalvas, como o bagre – cuja versão brasileira não tem seu consumo considerado sustentável – e o arenque, com exceção para aquele produzido no Mar do Norte. Os populares atum, salmão, truta e bacalhau estão entre as espécies ameaçadas pela superexploração de estoques pesqueiros e por isso devem ser evitados pelos consumidores.

O guia alemão tem por objetivo orientar o consumo responsável de peixes e frutos do mar e pressionar indústria e varejo a serem mais transparentes quanto à rastreabilidade desses produtos. Seus critérios englobam a gestão dos estoques e o impacto ambiental dos métodos de pesca e aquicultura. O consumidor brasileiro tem a opção de se orientar pelo Guia de Consumo Responsável de Pescados, produzido pela Unimonte de Santos.

Deixe uma resposta