Filmes para repensar a educação

A Revista Educação fez uma seleção especial de 10 filmes inspiradores para refletir sobre educação – o papel do professor, do aluno e do sistema educacional. Confira abaixo a lista e saiba mais sobre os filmes aqui.

1. “Quando sinto que já sei” (2014, Brasil), de Antonio Salgado, Raul Perez e Anderson Lima

Custeado por meio de financiamento coletivo, o filme registra práticas inovadoras na educação brasileira.

2. “A Educação Proibida” (2012, Argentina), de German Doin e Verónica Guzzo

Gravado em oito países da América Latina, o documentário problematiza a escola moderna e apresenta alternativas educacionais desenvolvidas na região.

3. “Pro dia nascer feliz” (2006, Brasil), de João Jardim

O filme mostra o cotidiano permeado de desigualdade e violência de jovens de quatro escolar públicas brasileiras.

4. “Além da sala de aula” (2011, EUA), de Jeff Bleckner

Baseado em fatos reais, o filma narra a trajetória e os desafios enfrentados por uma professora recém-formada em uma escola temporária para sem tetos.

5. “Sementes do nosso quintal” (2012, Brasil), de Fernanda Heinz Figueiredo

A infância é o tema central do documentário, que foca no cotidiano da Te-Arte, uma escola infantil inovadora que foca no estímulo da criatividade infantil, e na trajetória da idealizadora Thereza Soares Pagani.

6. “Quando tudo começa” (1999, França), de Bertrand Tavernier

Em meio à miséria e à indiferença do governo francês, um professor de uma escola pública se envolve com as situações vividas pelas famílias das crianças e protesta contra as políticas sociais do país.

7. “Paulo Freire – Contemporâneo” (2006, Brasil), de Toni Venturi

Entrevistas com familiares, pedagogos e o próprio Paulo Freire apresentam o pensamento e a atemporalidade do método de alfabetização do educador.

8. “Tarja Branca” (2014, Brasil), de Cacau Rhoden

Tratado com serenidade, o direito de brincar é o tema desse documentário, que aborda o conceito de “espírito lúdico” e convida para a reflexão do desenvolvimento do homem adulto.

9. “Entre os muros da escola” (2008, França), de Laurent Cantet

Uma sala de aula na periferia de Paris simboliza o choque cultural presente na França contemporânea. O longa é baseado em livro homônimo de François Bégaudeau, protagonista da narrativa.

10. “Mitã” (2013, Brasil), de Lia Mattos e Alexandre Basso

Educação, espiritualidade, tradição e cultura da criança se misturam na narrativa, inspirada pelos pensamentos de Fernando Pessoa, Agostinho da Silva e Lydia Hortélio.

Maria Piza

Deixe uma resposta