Tem meio ambiente na renovação política?

Fundação SOS Mata Atlântica promove encontro entre ambientalistas e novos movimentos 
Quando: 8 de junho de 2018, das 9h às 12h
Onde: Unibes Cultural – Rua Oscar Freire, 2.500 – Sumaré – São Paulo (SP)
Informações e inscrição aqui  – vagas limitadas
A Fundação SOS Mata Atlântica realiza no próximo dia 8 (sexta-feira), das 9h às 12h, o encontro “Tem Meio Ambiente na Renovação Política?“. Realizado no Unibes Cultural, o evento gratuito tem como objetivo chamar a atenção para os últimos 30 anos de luta ambiental e reforçar a importância de considerar esta pauta no debate de renovação política e nas Eleições de 2018.
O evento contará com um painel composto por Fabio Feldmann, um dos fundadores da SOS Mata Atlântica, ex-secretário estadual de Meio Ambiente de São Paulo (1995-1998) e um dos responsáveis pelo capítulo de meio ambiente da Constituição Federal – que completa 30 anos em 2018 – e Erika Bechara, advogada especialista em direito ambiental. Entre os temas discutidos, destaque às conquistas do movimento ambientalista, a luta contra retrocessos ambientais nos últimos anos e a necessidade de considerar este legado ao pensar em renovações.
Em seguida, um painel com representantes de movimentos de renovação política terá como objetivo conhecer a percepção e propostas de cada um deles à agenda socioambiental. Entre os painelistas confirmados estão: Bruna Barros (Acredito), Claudia Visoni (Bancada Ativista) e Natalia Unterstell (Agora).
Para Mario Mantovani, diretor de Políticas Públicas da SOS Mata Atlântica, este é o momento ideal para um encontro de gerações, em que se estabelece um cenário de diálogo para que todos entendam e respeitam as respectivas lutas, pensando no futuro comum.
“Vivemos tempos difíceis, assim como acontecia há 30 anos. Os ambientalistas daquela época eram os jovens que pensavam na renovação. Hoje, precisamos estar atentos aos novos debates. Já os jovens devem considerar este contexto histórico em suas ações, pois temos um legado ambiental em constante ameaça de retrocesso. Juntos, podemos construir a mudança necessária“, destaca ele.
Durante o evento, a Fundação SOS Mata Atlântica entregará a plataforma “Desenvolvimento para Sempre“, sua contribuição para as candidaturas em construção. No documento, a ONG apresenta propostas a todos os candidatos nas Eleições de 2018 para a Mata Atlântica com foco para Restauração da Floresta, Valorização dos Parques e Reservas, Água Limpa e Proteção do Mar. A Fundação SOS Mata Atlântica tem um histórico de atuação, desde 1989, na realização de plataformas ambientais para candidatos e eleitores nas eleições.