Ave em perigo de extinção é encontrada em RPPN

Ocorrência de pica-pau raro mostra a importância das Reservas Particulares do Patrimônio Natural para a conservação da biodiversidade

A imagem de um pica-pau-dourado-grande (de nome científico Piculus polyzonus) em um cupinzeiro foi registrada recentemente na RPPN Estação Veracel, em Porto Seguro (BA).  “A descoberta foi feita pelo vigia ambiental Jailson Souza e, aparentemente, os observadores e guias não sabiam que o pica-pau-dourado-grande utilizava o cupim para fazer ninho. A expectativa agora é o nascimento de filhotes”, diz Priscilla Sales, bióloga e analista ambiental da Estação Veracel e autora do registro.

Foto: Priscilla Sales
Foto: Priscilla Sales

Este é o primeiro ninho documentado no Wikiaves, conceituado site direcionado à comunidade brasileira de observadores de aves. O pica-pau-dourado-grande está no livro vermelho da fauna brasileira ameaçada de extinção, categoria “em perigo”, o que indica que este pássaro enfrenta risco muito alto de extinção na natureza. A ave só é encontrada na Bahia, em Minas Gerais e no Espírito Santo. Dos 18 registros fotográficos na Bahia, 11 deles foram feitos na RPPN Estação Veracel, que soma ainda três registros sonoros.

A Estação pertence à Veracel, fabricante de 1,1 milhão de toneladas de celulose branqueada de eucalipto por ano. A empresa mantém um hectare protegido ambientalmente para cada hectare de plantio de eucalipto e incentiva que a região desenvolva o potencial turístico em torno da atividade de observação de aves. Saiba mais nesta entrevista.

Abaixo, a foto da fêmea:

Foto: Priscilla Sales
Foto: Priscilla Sales